LA VEINE: PLANNING A TRIP - THE COMPLETE GUIDE

June 10, 2016

PLANNING A TRIP - THE COMPLETE GUIDE

travel planning
Since I'm currently planning a trip for the summer (and yes, I had to brag about it at some point), I thought it could be useful to share some of my tips with you. Although I'm not a professional, I enjoy the planning part almost as much as traveling itself. It gives me the opportunity to know the country before I get there and to establish comparisons once I land. You can always decide how much you want to learn before you go, but I think these tips can work for all kinds of travelers.

Uma vez que eu estou a planear uma viagem para o verão (e sim, eu tinha que me gabar disso a determinada altura!), achei que seria útil partilhar algumas das minhas dicas convosco. Embora não seja nenhuma profissional, gosto realmente de todo o processo de planear uma viagem, quase tanto como de fazer a viagem em si. Dá-me a oportunidade de conhecer o país antes de lá chegar e de estabelecer comparações com o que já tinha visto uma vez que saio do avião. Vocês podem sempre decidir o quão bem querem conhecer o lugar antes de partirem para lá, mas acho que estes conselhos servem para qualquer tipo de viajante.

1. Find your place and learn the basics. First of all, you have to know where you're going and why. Do you like the beach or the city? Is your destination in Europe? Are you going with your family, your friends, alone? When you get all the answers and a place to go, learn the basics. What is the language, the currency, the weather, typical tips and the famous places.

2. Book your flight and find accommodation. To do this, you only need to know which city you're going to. Sometimes there's more than one airport, and you probably don't want to sleep somewhere far away from the center.
Use a website that covers all the airlines (skyscanner is a favorite of mine) and once you have the dates and the money ready, always be there checking the prices. Usually they decrease in the middle of the week and increase on weekends.
summer
Source
After booking your flight, find your accommodation. This is probably the worst part (unless you don't have to worry about money), but you should focus mainly on the location and find something there that suits your budget and your preferences. Sometimes you have to give up on one of these, but search endlessly and something will come up. Just don't give up on the location; sometimes it's better to spend a little more in accommodation and save in transports.

3. Get touristy. I personally don't visit main attractions just for the sake of it; I plan my trip according to the places I really want to visit in mind. Usually there are museums, parks, restaurants and little local stores on the program, but before I get there I have to know all the touristic places because I might want to visit them, and I'll never know about them if I'm not informed beforehand. I advise you to learn first what you're supposed to learn, the commonplace things that every tourist should know. This sort of information is very easily obtained.

4. Learn from the locals. This is the fun part: after learning what tourists do, search for the local's habits. Is there any hidden restaurant people swear by? Where is that park students spend their afternoons? Is there any tradition on sundays? Find a blog of someone who lives there, or a youtube channel. Pinterest can also be very useful. See what they do on the weekends, find out what little markets they love, if there is any day museums are free.
This will make your experience there more authentic and inexpensive, because the touristic places always have higher prices.

5. Plan your days. Having all this information, there are certainly a few places and activities you're not interested in. Considering the time you'll be there, plan your days the best you can from the moment you walk out the plane: how are you going to leave the airport? What are you gonna do in the mornings and in the afternoons? What bus routes do you have to take? Which maps do you need? Where do you want to eat? Be sure to leave some free time for spontaneous adventures or unexpected delays.

6. Get ready and go. Check the weather, leave enough space in your luggage for souvenirs, don't spend time in stores you can go to in your country. Wear comfortable clothing for airport, get to know the city at night as well, don't eat twice at the same place, try to learn the basics of the language if it's different than yours.


1. Descubram para onde vão e aprendam o básico. Antes de mais, é importante saberem para onde vão e porquê. Preferem a praia ou a cidade? Vão viajar dentro da Europa? Vão com a família, amigos, sozinhos? Quando tiverem todas as respostas e um sítio para onde ir, aprendam o básico sobre o local. Qual é a língua, a moeda, como é o tempo lá, as gorjetas que se costumam dar aos empregados e os locais mais conhecidos.
travel
Source

2. Reservem o voo e a estadia. Para fazerem isto, só precisam de saber a zona em que vão ficar ao certo. Às vezes o país tem mais que um aeroporto, e provavelmente não vão querer ficar a dormir longe do centro. Usem um site que cubra os serviços de todas as companhias aéreas (o skyscanner é um dos meus favoritos) e uma vez que tenham as datas estabelecidas e o dinheiro necessário, visitem o site constantemente para irem acompanhado as mudanças do preço. Segundo a minha experiência, os preços costumam descer a meio da semana e subir aos fins-de-semana.
Depois do voo marcado, encontrem um local para dormir. Esta é provavelmente a pior parte (a menos que o dinheiro não seja um problema), mas deviam focar-se principalmente na localização e a partir daí encontrar algo dentro do vosso orçamento e das vossas preferências.

3. Ponham-se no lugar do típico turista. Pessoalmente, não costumo visitar as atrações principais só porque sim; eu planeio a minha viagem consoante os locais que quero mesmo, mesmo conhecer. Geralmente há museus, parques, restaurantes e pequenas lojas locais no programa, mas antes de chegar lá preciso de saber quais são os locais tipicamente turísticos porque pode acontecer eu querer visitar algum deles, e nunca saberei que eles existem se não me informar devidamente. Aconselho-vos a saberem primeiro aquilo que é suposto saberem enquanto turistas. Este tipo de informações está disponível em todo o lado.

4. Aprendam com os habitantes locais. Esta é a parte divertida: depois de saberem o que os turistas fazem, pesquisem acerca dos hábitos de quem lá vive mesmo. Haverá algum restaurante escondido que só quem lá vive é que conhece? Onde é que fica aquele parque onde os estudantes passam as tardes livres? Há alguma tradição por lá aos domingos? Encontrem o blog de alguém que vive lá, ou um canal do youtube. O Pinterest também pode ser extremamente útil. Vejam o que é que as pessoas de lá fazem aos fins-de-semana, que mercados é que adoram, se há algum dia da semana em que os museus são de graça.
Esta parte da pesquisa vai fazer com que a vossa experiência lá seja muito mais autêntica, e provavelmente menos dispendiosa; os locais turísticos costumam ser mais caros.

5. Planeiem os vossos dias. Com toda esta informação, existem certamente uns quantos locais e atividades nos quais não estão interessados. Considerando o tempo da vossa estadia, planeiem os dias o melhor que conseguirem desde o momento em que saem do avião: como é que vão sair do aeroporto? O que é que vão fazer nas manhãs? E nas tardes? Que linhas de autocarro é que vão ter que apanhar? De que mapas precisam? Onde é que querem comer? Certifiquem-se de que deixam algum tempo livre para aventuras espontâneas ou atrasos inesperados.

6. Preparem a viagem. 
Verifiquem o clima, deixem espaço suficiente nas malas para as recordações, não percam tempo em lojas que existem no sítio onde vivem. Vistam roupa confortável para o aeroporto, fiquem a conhecer a cidade à noite também, não comam duas vezes no mesmo sítio e tentem aprender o básico da língua do país no caso de ser diferente da vossa.

14 comments:

  1. Costumo fazer quase tudo isto quando viajo e na minha proxima viagem vou ter tudo em conta!

    ReplyDelete
  2. O clima é aquela base ahah o site da meteorologia está nos favoritos x) porque para fotografar uma pessoa implora por boa luz natural lol
    Beijinhos

    ReplyDelete
  3. Great tips, so useful as I soon am flying to Japan! x

    http://thestylebounty.com

    ReplyDelete
  4. Não me identifico com alguns dos pontos mas para quem gosta de roteiros definidos previamente são boas dicas :)

    ReplyDelete
  5. Loved this! super helpful and well written. xx

    ReplyDelete
  6. Muitíssimo obrigado, Marta! Mesmo sendo uma leitora nova, devo dizer-te que foste das poucas que leu o post todo <3
    Âhahah, e é uma peça que faz mesmo muito jeito :D

    Concordo com os pontos todos. Acho que a parte de aprendermos com os habitantes das cidades/locais para onde vamos é o melhor que temos a ganhar durante a estadia. Aprende-se imenso :)

    NEW REVIEW POST | Garnier Ambre Solaire: Natural Bronzer.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ReplyDelete
  7. Concordo com todas as dicas que aqui dás, é importante prepararmos bem uma viagem para não ficar nada por ver! Muito bom post.

    Giveaway de um colar de 2 camadas com a Born Pretty ♥

    ReplyDelete
  8. Adorei o teu blog, e este post é super util!
    Black Rose by Annluck
    www.blackrosebyannluck.com

    ReplyDelete
  9. Desde já muito obrigada pelo comentário, compraram o casaco no dia 30 de maio se não me engano, penso que ainda deve estar disponivel!
    Beijinhos, já agora, optimas dicas :)

    http://eyarablog.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  10. Óptimas dicas (= e, já agora, para onde vais no verão?

    ReplyDelete
  11. São óptimas dicas e indispensáveis para quando se planeia uma viagem :)

    ReplyDelete
  12. Excelentes dicas, obrigada linda :D
    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ Facebook ~ Bloglovin'

    ReplyDelete
  13. Apesar de eu ser agente de viagens e dar todas as informações possíveis aos meus clientes, quando se trata de viagens para mim, faço apenas uma ou outra pesquisa para saber o que ver e o que fazer mas quando chego ao destino vou um pouco à descoberta e é isso que me fascina :)

    Cátia ∫ Meraki

    ReplyDelete